Visitamos o resort automotivo mais badalado de Miami

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

The Concours Club

Tendo aberto suas portas para membros em julho de 2021, o The Concours Club está estabelecendo um novo padrão em experiências de luxo. A ideia de qualidade acima do convencional é especialmente crucial para a visão do fundador Neil Gehani para o resort automotivo, que está localizado no Miami Opa Locka Executive Airport, a uma curta distância de carro do centro da cidade.

Membros podem levar seus veículos para a pista de corrida de última geração do empreendimento, convidar amigos e familiares para um jantar gourmet e voltar ao centro da cidade de Miami em questão de minutos. O clube também está convenientemente localizado perto de dois aeroportos privados, tornando mais fácil para os membros de fora do estado desfrutarem de uma curta escapada para a pista.

Leia mais: Com elétricos partindo de R$ 615 mil, Audi bate recorde de vendas

Leia mais: Dez carros que vão despertar o mercado brasileiro em 2023

De acordo com Aaron Weiss, presidente do clube, a localização foi a chave para dar vida à visão de Neil Gehani; enquanto a maioria dos concorrentes tende a ser longe da cidade e isolada, o The Concours Club tem na proximidade com Miami uma de suas características mais desejáveis. Ao usar o núcleo urbano como ponto de partida, a equipe de design do clube conseguiu imaginar um complexo exclusivo que ia muito além do elemento automotivo.

Ao descrever os estágios de planejamento do The Сoncours Club, Aaron Weiss destaca o nicho exclusivo criado para competidores amadores de automobilismo e “gentleman drivers”; ou, para simplificar, pessoas que optam por experimentar veículos únicos em seu próprio tempo, em seu próprio ritmo. Com isso em mente, Weiss e sua equipe projetaram o local com comodidades, atendimento ao cliente e conforto em primeiro lugar.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

The Concours Club

Sua identidade como um resort e clube de campo é sustentada por uma série de serviços disponíveis aos membros, desde os Auto Lofts (garagens privadas) até lavagem e refeições no aclamado Verge, dirigido pelo chef Brad Kilgore. O restaurante oferece uma sala de jantar privada aberta para reservas e apresenta um menu com curadoria de vinhos e destilados liderado pelo sommelier Dan Pilkey.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

The Concours Club

Há a opção de dirigir seus próprios carros ou experimentar os que pertencem ao clube. Liderado por Rod MacLeod, o curso de pilotagem do Concours permite que os instrutores permaneçam conectados aos membros que estão na pista sem realmente estarem presentes no veículo. Em constante comunicação com os aprendizes de piloto, os instrutores podem oferecer dicas de longe, permitindo aos clientes um certo grau de independência na pista, ela própria inspirada na apreciação de Aaron Weiss pela forma e função dos circuitos europeus de Fórmula 1 e equipada com as últimas tecnologias em termos de comunicação e segurança.

Já o Auto Loft está disponível para os membros armazenarem seus veículos, que receberão cuidados de uma equipe especializada em manutenção. Cada garagem privada acomoda até 12 carros e oferece um ampla vista do resort no segundo andar; sala, banheiro com chuveiro, armários e um espaço adicional – que pode ter sua função designada pelo cliente – ficam no primeiro andar.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

The Concours Club

Embora o resort esteja aberto e em pleno funcionamento, há construções em andamento. Além de novos Auto Lofts, o centro de eventos da empresa de design italiana Pininfarina é uma das atrações mais esperadas. Atualmente, interessados na joia só podem obter acesso ao clube por indicação de membros ativos.

Um exemplo da capacidade do The Concours Club de ir além das pistas se viu no sábado retrasado, 14, durante um encontro para celebrar a história e a paixão pela Porsche. Comparável a eventos como o Luftgekuhlt, o Flat 6 Fest atraiu entusiastas e colecionadores da marca alemã para uma exibição única, que incluiu a presença de modelos raros e icônicos, como Carrera GT, 959, 962 e 917. Por lá também apareceram vários 911 reinventados pela Singer e raridades da segunda metade do século XX.

O evento também homenageou a marca RUF, outra lendária customizadora de Porsches, ao hospedar seu fundador, Alois Ruf Sr. e replicar o museu RUF na Alemanha. O encontro também contou com obras de arte e esculturas de renomados artistas globais da Porsche, incluindo Manu Campa, The Whale Tail Project e Rafael DelCeggio.

Casando automobilismo, luxo e a hospitalidade de qualquer resort elogiado, o The Concours Club traz o clube automotivo para o núcleo urbano, alterando as convenções. Com muitos planos para o futuro e a capacidade de atuar como um espaço de eventos rico em amenidades, é uma abordagem fluida da experiência do automobilismo amador – aqui, o sucesso depende da paixão, uma dinâmica que permanece evidente em todos os elementos do complexo.

Fonte: Forbes Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: