Snoopy de pelúcia retorna à Terra após conclusão da missão Artemis

Divulgação/NASA

Divulgação/NASA

O Snoopy possui uma história com a Nasa desde 1960

Um boneco de pelúcia do cachorro Snoopy, do desenho animado Charlie Brown, foi enviado como um dos passageiros da cápsula espacial Orion, da missão Artemis I. No dia 11 de dezembro a cápsula retornou à Terra, pousando no oceano pacífico, depois de ter passado 25 dias ao redor da Lua.

O boneco foi utilizado para testar o Indicador de Gravidade Zero (IGZ) da cápsula, caso ele flutuasse, isso significaria que a Orion estava fora da força gravitacional da Terra. Porém, Snoopy não estava sozinho nesta viagem, junto a ele a Nasa enviou o boneco “astronauta” Comandante Moonikin Campos que através de sensores registrava o que poderia acontecer com os tripulantes em missões espaciais futuras, além de testar o novo traje espacial.

LEIA MAIS: Entenda por que a Artemis é um dos projetos mais importantes da Nasa

A tradição de levar um item inesperado nas missões espaciais ocorre desde 1961, quando Yuri Gagarin, primeiro humano a viajar no espaço, levou uma pequena boneca dentro de sua nave espacial. Desde então se tornou algo comum levar objetos curiosos a bordo das naves espaciais.

Segundo a Nasa, em um comunicado divulgado para a imprensa, a escolha de enviar o Snoopy para a missão se deu por conta de que ele é um cão corajoso, aventureiro e experiente. Além disso, a agência espacial também incluiu o cachorro em materiais educativos para crianças, como o seriado “Snoopy no Espaço”, disponível na AppleTV+.

Fonte: Forbes Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: