PF abre inquérito para investigar suspeitas de genocídio e omissão de socorro aos Yanomami

Investigação foi aberta a pedido do ministro da Justiça, Flávio Dino. Objetivo é verificar se há elementos para responsabilizar governo anterior e toda a cadeia do garimpo ilegal. A Polícia Federal abriu inquérito para investigar se houve crime de genocídio e omissão de socorro na assistência dada pelo governo federal aos Yanomami.
A investigação foi aberta a pedido do ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, e vai tramitar em Roraima.
Na segunda-feira (23), Dino encaminhou o ofício com o pedido de apuração ao diretor-geral da Polícia Federal, Andrei Rodrigues.
O ministro citou “os reiterados pedidos de ajuda contra a violência decorrente do garimpo ilegal, bem como a ausência de efetivas ações e serviços de saúde à disposição dos Yanomami”.
Esses elementos, segundo Dino, reforçam uma possível intenção de causar lesão grave à integridade ou mesmo provocar a extinção do grupo originário.
O objetivo é investigar a participação de ex-integrantes do governo federal e toda a cadeia do garimpo ilegal: do proprietário, passando pelo garimpeiro, o barqueiro, o operador de máquinas até o piloto do avião que faz o transporte dos envolvidos e dos produtos usados nos rios nas terras indígenas.
O que está acontecendo com o povo Yanomami?

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: