Intervenção na Segurança do DF não será prorrogada, diz ministro


Flávio Dino afirmou à GloboNews que intervenção cumpriu o seu papel. Flávio Dino, ministro da Justiça
Reprodução
O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, afirmou nesta quarta-feira (25) à GloboNews que a intervenção na Segurança Pública do Distrito Federal não será prorrogada.
A intervenção está prevista para durar até o dia 31 de janeiro. No período, a União assume o comando da segurança pública no distrito no lugar do governo local.
“Sim, a intervenção federal findará no dia 31 de janeiro porque não há mais causa constitucional para intervenção”, afirmou Dino. “Nós consideramos que a intervenção cumpriu o seu papel. Já inicia amanhã uma transição.”
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) decretou no domingo (8) intervenção federal na área de Segurança do Distrito Federal após terroristas bolsonaristas terroristas invadirem as sedes dos três poderes em Brasília.
O secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública Ricardo Cappelli foi nomeado o interventor.

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: