Boeing condenada a comparecer ao tribunal na próxima semana por acusação de conspiração por fraude



CNN

Um juiz federal ordenou que a Boeing compareça a um tribunal federal no Texas na próxima semana para uma acusação de fraude envolvendo a certificação do 737 MAX.

A Boeing e o governo dos EUA em 2021 firmaram um acordo de diferimento da ação penal neste caso sem a participação de familiares das vítimas do acidente do 737 MAX, que então argumentaram ao tribunal que deveriam ter sido autorizados a participar do caso sob um crime federal. lei da vítima. Em outubro, o juiz ficou do lado deles.

Na decisão de quinta-feira, o juiz Reed O’Connor disse que a Boeing deve comparecer para uma acusação e que os membros da família ou seus advogados podem falar no processo.

Este processo legal é separado da ação civil movida pelos familiares das vítimas contra a Boeing.

O Clifford Law Office, que representa os familiares das vítimas no processo civil, disse em comunicado que é “raro na história da lei de aviação dos EUA que uma corporação seja indiciada por acusações criminais relacionadas às mortes de vítimas de acidentes de avião”.

Em setembro, a Boeing e seu ex-CEO Dennis Muilenburg concordou em pagar pesadas multas para resolver as acusações da Comissão de Valores Mobiliários de que eles enganaram o público sobre a segurança do 737 Max após dois acidentes fatais em 2018 e 2019.

Fonte: G1 – CNN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: